Weby shortcut

Golpe inconstitucional

                                          Encontro

Deborah Macedo iniciou sua fala se explicando por trabalhar no Ministério Público. “Em tempos de golpe...”, iniciou a subprocuradora-geral da república que atua junto aos movimentos sociais. Macedo falou sobre a transformação necessária das instâncias públicas herdadas pela sociedade. E relembrou que, desde seu nascimento o Brasil é marcado por violências, como a eliminação de povos indígenas e a escravidão. A subprocuradora defendeu a importância que a Constituição de 1988 teve para esses povos.
Pela primeira vez em uma constituição, segundo ela, o país foi descrito como um lugar de todos e todas. Conhecida até hoje como a Constituição Cidadã, os artigos investem no campo e na cidade. Por isso, para Deborah Macedo, as atuais reformas, PECs e MPs que vão contra essa legislação são um dos maiores afrontes mundiais ao direito. “O desmonte é total e o golpe é em cima de uma constituição sem processo constituinte”, destacou.

List all Back